Fuçando nesse mundo (maravilhoso) que é a internet, a gente se depara com tudo e mais um pouco. Claro que existe muita porcaria por aí, mas que atire a primeira pedra quem nunca leu/ouviu/assistiu alguma coisa legal na rede. o-que-aprendi-com-amigos-homens

Esses são quatro dos vários textos que tenho guardado aqui e quase sempre me pego relendo. Alguns são bem antigos, outros nem tanto. Mas valem a pena a leitura.

1. O que aprendemos com amigos homens: “‘Se você quiser, eu posso esperá-lo na saída do trabalho e dar um murro na cara, porque é o que ele merece.'”

2. A Cerimônia do Adeus: “Todos os amores terminam — alguns amigavelmente, chorando no banheiro, outros com humilhação pública e sangue na testa.”

3. Drummond, o poeta que decifrou os Beatles: “Para essa empreitada era preciso alguém de pena leve, elegante, especial, insuspeito. E lá foi Carlos Drummond de Andrade decifrar os Beatles.”

4. Tudo Volta: “A vida é muito louca e a gente nunca sabe o que vem depois. Isso é o mais divertido.”

Um comentário em “4 textos que não saem da minha cabeça

  1. A Folha está me trollando um pouco porque já ultrapassei o limite de matérias desse mês (e não abriu nem na guia anônima!)… Mas, li os outros e tive uma surpresa com o último. Fiz algumas matérias com a turma da Marcella (a autora do texto) na faculdade. Sempre soube que ela escrevia e escrevia, mas não acompanhava… Foi legal me deparar com ela assim!

    Curtir

Deixe uma resposta para Lari Reis Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s