16 lições de 2016

Quem acompanha o blog há mais tempo sabe que tenho o costume de escrever todos os anos sobre o que passou. Há pouco tempo, descobri que tenho uma coletânea de textos desde de 2008, cada um escondido em cada pasta do meu computador.

Foi muito nostálgico relê-los e ver como tem um pedacinho de mim em cada parágrafo. Tem um que cita Beatles, outro que compara música a um pote de geleia, outro que conta em detalhes como foi complicado tirar a minha carteira de motorista. Não importa a fase, esses textos sempre me deixam pensativa. É preciso resgatar um pouquinho de quem somos, não acha? É muito fácil nos perdermos.

Esse ano já começou com uma promessa de amadurecimento. Eu mal tinha me despedido de 2015 e 2016 já estava me enchendo de expectativas. Era hora de terminar a faculdade e finalmente enfrentar o mundo. Hora de virar adulta, entregar a tal da monografia, procurar um emprego, encarar a crise. Resumindo, que medo.

IMG_4928

Hoje, olhando para trás, só consigo pensar que falam demais e pouco é verdade. Sim, eu terminei a faculdade, mas eu já enfrento o mundo há muito tempo. Com passos pequenos, do jeitinho que cada fase sempre me demandou. E crescer não é simplesmente virar uma chavinha e pronto, sou adulta! Isso também leva tempo.

Aprendi e mudei muito. O impacto foi tão grande que, para ser muito sincera, o texto desse ano vai ter que ficar escondido em alguma pasta do meu computador, junto com os antigos. Mas, para não dizer que perdi o costume, fica aqui as minhas 16 lições de 2016.

1. Overthinking. Para quê? Não adianta, certas coisas vão acontecer do jeito que precisam acontecer, não importa o quanto você pense sobre elas.

2. Acredite, existe vida pós-monografia! (e aparentemente pós-faculdade também)

3. Sabe quando sua intuição te diz para não confiar? Pois é, não confie.

casapueblo-por-do-sol-cerimonia-do-sol

4. Bancos: Um inferninho da vida adulta. Quanto menos contas abertas em bancos diferentes, melhor.

5. “Mais vale um gosto que um caminhão de abóboras.” Este é um velho ditado do meu avô e que meu pai repete muito. Confesso que só consegui entendê-lo por completo esse ano.

6. Show do Coldplay: Vá quantas vezes puder! 

7. Se for para enfrentar um dia de chuva em Orlando, que seja dentro do Magic Kingdom.  😉

IMG_0299

8. Eu pensei que era só conversa, mas calor realmente pode fazer com que você passe mal – e no meu caso, entrar em uma loja  desesperada pelo ar condicionado.

9. Aprender (de verdade) é um processo lento. Tenha paciência.

10. Em caso de ameaça de tornado, keep calm!

11. A vida seria mais fácil se eu finalmente encontrasse uma bola de cristal.

12. Antes de andar literalmente 30 quarteirões embaixo do sol até uma casa de chá (ou qualquer outro lugar), tenha certeza de que ela está aberta.

Buenos-Aires-Chicos-All

13. Não existe justificava para você não tentar mudar aquilo que te faz mal. Se você não está feliz, você deve mudar.

14. Só confie em promessas quando assinar um contrato.

15. Na dúvida, seja sincero e mantenha-se preso aos seus valores. Alguém que exija que você passe por cima de um desses pontos não é alguém que você quer na sua vida.

16. “Enjoy the little things.” Nós temos mania de subestimar os pequenos momentos e o seu impacto sobre nós. Vamos dar mais atenção a essas coisas?

la-susana-punta-del-este-uruguai

Até ano que vem!

Anúncios

7 comentários sobre “16 lições de 2016

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s