Enfrentando tornados e furacões em Orlando

Sobre descobrir na prática que os meses de agosto e setembro são a alta temporada de tornados e furacões na Flórida. 

magic-kingdom-orlando.jpg

O Drama da Vez

Tudo começou no famoso Premium Outlet de Orlando. Já era tarde – tínhamos acabado de sair dos parques da Universal, mas resolvemos ir até lá com um único objetivo: Comprar o ingresso para o mais tradicional parque da Disney, o Magic Kingdom.

Eu sei que parece loucura, mas se não fosse a única bilheteria aberta naquela horário, dificilmente eu teria enfrentado um shopping logo após encarar dois parques no mesmo dia (tem Photo Diary contando essa aventura bem aqui!).

Já com os Ingressos na mão, uma funcionária me perguntou quando pretendíamos visitar o parque. Achei engraçado, mas falei que no dia seguinte. Ela me olhou com surpresa e sugeriu irmos outro dia porque a previsão do tempo dizia que iria chover. Expliquei para ela que passaríamos apenas dois dias em Orlando e por isso teríamos que enfrentar a chuva.. Ela soltou um suspiro muito longo e disse: “Espero que vocês consigam ir.”

Desconfiei que algo estava me passando despercebido.

Ainda no caminho de volta para o hotel, uma chuva surreal começou a cair. Era tanta água e tanto vento que eu até pensei em pararmos o carro para esperar o tempo melhorar – mas quem disse que conseguimos enxergar os restaurantes na rua?!

Andando a praticamente 10 km por hora, conseguimos chegar. Descobrirmos que os bombeiros tinham decretado o risco de um tornado atingir Orlando pela manhã e que todos os hóspedes deveria ficar dentro do hotel. Foi quando me liguei: Agosto e Setembro são a alta temporada de tornados e furacões na Flórida. Como não pensei em pelo menos acompanhar esse risco antes?

Meu Deus, mas e o Magic Kingdom? 

Confesso que fiquei um pouco preocupada não pelo tornado em si, mas por perder um dia de parque (hehe, #prioridades).

magic-kingdom-orlando-florida-usa

Corri para o hall do hotel para conseguir mais informações sobre o tal do tornado, quando um funcionário muito atencioso me explicou tudo sobre esse fenômeno tropical.

Das várias coisas que ele me contou, a mais importante foi que é um pouco raro essas tempestades atingirem Orlando, já que o tornado em si perde força quando chega ao continente. Ou seja, se eu tivesse sorte, o tornado se tornaria uma chuva muito forte e a visita ao Mickey não estaria perdida.Leia mais »

Photo Diary: Universal Studios e Islands of Adventure

universal-studios

Depois de tanto tempo, finalmente um novo photo diary! Como contei para vocês nesse post, tive a chance de fazer uma viagem bem rápida para Orlando com a minha família no ano passado. Estou com essas fotos editadas há séculos, mas só agora consegui organizar todos os posts que queria fazer – a crise de criatividade passou! Enfim, vamos lá.

Estávamos hospedados em um hotel dentro do complexo da Universal, por isso começamos o dia bem mais cedo. Assim como nos hotéis da Disney, a hospedagem nos hotéis da Universal te dá o direito de chegar uma hora mais cedo nos parques.

Corri para o Wizarding World of Harry Potter sim ou com certeza?

wizarding-world-of-harry-potter-gringotesIMG_0325wizarding-world-harry-potter-universal

Para melhorar a nossa sorte (e eu julgo isso como sorte mesmo!), o dia estava bastante nublado e até um pouco chuvoso, por isso os parques estavam vazios. Péssimo para tirar fotos, mas maravilhoso para não pegar filas, né? Em menos de duas horas já tínhamos passado por todas as atrações do parque do Harry Potter.

Processed with VSCO with m6 presetIMG_0352

Como optamos pelo ingresso com acesso aos dois parques, andamos por toda Hogsmeade e depois acabamos voltando para o Universal Studios.

Assim que chegamos, assistimos uma parada com os personagens do Bob Esponja (com direito a selfie com o Patrick!) e logo em seguida, fomos atrás das atrações mais famosas do parque, como o simulador dos Minions, o Twist e o E.T. Adventure. Confesso que já fui nesses brinquedos milhares de vezes, mas nunca me canso!

O tempo já estava um pouquinho melhor, então o parque já estava começando a encher também.

Processed with VSCO with m6 presetuniversal-studios-orlando-floridauniversal-studios-orlando-minions

Depois de ir em todas as atrações que queríamos, era hora de matar saudade do Islands of Adventure! Quando eu era pequena, esse era de longe o meu parque preferido do complexo, mas de uns tempos para cá, tenho ficado mais empolgada com o Universal Studios. É claro que o Islands é de tirar o fôlego também, mas quem entende?

Achei ótimo que tive a chance de conhecer a área do parque que conta a história do “Cat in The Hat”, a Seuss Landing. É um espaço voltado para crianças menores, mas é super colorido e conta com atrações muito bonitinhas. É bem diferente do resto do parque, mas vale a pena conhecer também.

Leia mais »

Wynwood Walls e a arte de rua em Miami

wynwood-walls-miami-05

💗🎨

A post shared by Marina Menezes (@maridx) on

wynwood-walls-miami-11

O Wynwood Walls era o primeiro item da minha lista de lugares para conhecer em Miami. Sem querer diminuir a beleza das praias e muito menos a arquitetura art-déco de alguns bairros da cidade, mas acontece que eu já namorava os grafites e fotos do Wynwood há muito tempo, antes mesmo de saber que ele fica em Miami. Fiquei feliz demais ao saber que finalmente ia conhecer esse lugar!

Mas afinal, o que é o Wynwood Walls?

Resumidamente, o Wynwood Walls é uma galeria de arte de rua a céu aberto. O espaço faz parte do bairro Wynwood (surpresa!), ao norte do centro de Miami. Ele é dividido em três distritos: Fashion District, Technology District e é claro, o Art District.

O bairro Wynwood nasceu na década de 50 com a chegada de imigrantes porto-riquenhos à região. Com o passar do tempo, a vizinhança e comércio cresceram e o bairro ficou conhecido como “El Bairro”. Durante muitos, o Wynwood foi abandonado, até que em 2009, Tony Goldman começou um projeto de revitalização na região.

wynwood-walls-miami-02wynwood-walls-miami-09Leia mais »

Orlando: Rápido, mas intenso!

Fiquei meio off esses dias porque definitivamente não sei descansar aqui. Na semana passada, o mundo virou de cabeça para baixo. Não vou entrar muito em detalhes, mas o resultado envolveu adicionar três dias de viagem em Orlando.


Foi uma correria sem fim ajeitar as coisas, passagem, hotel, etc., mas acabou dando tudo certo. Vou contando pra vocês com calma sobre a loucura que foram esses três dias em Orlando (afinal de contas, tem que fazer valer, né? :D), mas já adianto que foi intenso!

Gosto muito desse lugar.  ❤ Se pudesse, viria sempre para cá.

Nighttime Spectacular

Talvez um dos shows mais emocionantes da Disney seja esse. A partir das nove horas da noite, o Magic Kingdom começa o seu “combo”: a parada elétrica, o Star Light e por último, o Wishes. A parada elétrica começa na avenida principal e vai até o castelo da Cinderella, com vários personagens, todos iluminados e em carros alegóricos. Já o “Star Light” é aquele famoso show no próprio castelo, com músicas do Pinocchio, Cinderalla, a Pequena Sereia, Peter Pan e por aí vai.. Além disso, ao final, acontece o famoso vôo da Sininho! Uma surpresa, adicionaram o filme Frozen a apresentação, com direito a Elsa congelando o castelo! Por último, o tema Wishes” ganha vida na voz dos personagens e com as músicas mais importantes do estúdio. Ele começa as onze da noite, tem duração de quinze minutos e normalmente acontece apenas nos finais de semana – e é um grande motivo para os parques estarem sempre cheios nesses dias.

IMG_0299 IMG_0379 IMG_03255IMG_0196IMG_0197

É bom dar uma confirmada sobre as datas das apresentações antes de ir, porque vale muito a pena assisti-las! Sempre me emociono e fico surpresa com o quão perfeita são as apresentaçòes. É muito profissionalismo.

 “Like a bolt out of the blue, fate steps in and sees you through
When you wish upon a star, your dreams come true” xx