A Casapueblo e o mundo de Carlos Vilaró

No meu último dia em Punta del Este, já na rodovia a caminho de Montevideo, conheci a Casapueblo. Esse é um dos pontos turísticos mais famosos da região, não só pelo acervo do artista Carlos Páez Vilaró, mas por ter uma arquitetura fora de sério e nos presentear com uma vista de tirar o fôlego. Confesso que era o lugar que eu estava mais ansiosa para conhecer por admirar muito a história do lugar.

casapueblo-carlos-paez-vilaro-arquitetura.jpgcasa pueblocasa-carlos-paez-vilaro.jpg

A obra foi construída pelo próprio artista, que começou com um simples cômodo feito de latas. Ela cresceu muito, até que ele resolveu usar cimento e cal para construir o resto da Casapueblo e pintá-la toda de branco. Por quê? Ele queria criar um contraste com o céu e o mar – e conseguiu com maestria criar esse efeito. Hoje, a construção dá lugar a um museu, restaurante e hotel, mas inicialmente era a casa de verão do artista. Até o seu falecimento em 2014, o Carlos Vilaró ainda morava e tinha seu ateliê no ponto mais alto da casa. Vários visitantes tiveram a chance de conhecê-lo.

Vilaró deixou não só a Casapueblo ou seu acervo de obras, mas algumas lições. Uma de suas ideias era que a vida é um grande caminho com várias portas que devem ser abertas para descobrir o que há por trás de cada uma. Sempre faltava alguma coisa, porque sempre havia mais uma porta a ser aberta.

casapueblo-por-do-sol-cerimonia-do-solcasapueblo-carlos-paez-vilaro-sunsetcasapueblo-sunset Continuar lendo

Anúncios

A Ilha Gorriti e o Porto de Punta Del Este

Vale a pena visitar a Ilha Gorriti? O que fazer no Porto de Punta del Este? Ok, vamos por partes.

porto-punta-del-este-uruguai.jpg

O Passeio na Ilha Gorriti

Antes de viajarmos, eu e as meninas fizemos uma super pesquisa com alguns lugares que gostaríamos de visitar. Depois de ler vários blogs, acabamos em um dilema entre conhecer a Ilha Gorriti ou a Ilha dos Lobos. Ambos os lugares são famosos e atraem vários turistas ao longo do verão, mas acabamos optando por conhecer a Ilha Gorriti, pois a Ilha dos Lobos tinha uma proposta um pouco diferente da que queríamos. Para quem não sabe, a Ilha dos Lobos é uma colônia de leões marinhos e fica mais afastada de Punta del Este. O passeio promete te mostrar vários deles pela ilha, mas de longe no barco. Justamente por não podermos descer e nadar no passeio, nós decidimos conhecer a Ilha Gorriti, pois poderíamos aproveitar mais o dia, etc.

A Ilha Gorriti fica bem pertinho da península, por isso o passeio sai direto do Porto em Punta. Chegamos por volta das 11 horas da manhã (tudo acontece tarde por aqui!), compramos os bilhetes (10 dólares por pessoa) e não tivemos que esperar nem cinco minutos para seguirmos para lá.

ilha-goritti-passeio-punta-del-esteilha-goritti--passeio-punta-del-esteilha-goritti-punta-del-este-uruguai

Admito que fiquei um pouco desapontada. Pelas fotos e depoimentos sobre a Ilha, eu tinha uma ideia bem diferente do que seria o passeio. Sei lá, acho que esperava um lugar mais bonito, mais interessante. Quando descemos do barco percebemos que o mar estava cheio de águas vivas. Acredite, não estou exagerando. Isso me deixou bastante tensa na hora de entrar na água. Não sei se foi o dia, mas o mar estava meio barroso também – depois de sair da água ficava uma camada fininha marrom na pele. Acabei decidindo dar uma volta pela orla, que também não foi muito animadora porque a areia era cheia de pedras. Além disso, na Ilha Gorriti tem uma opção de restaurante (que ficou vazio o tempo todo), umas casinhas que contam a história da ilha e um farol. Nada sensacional quando comparada à beleza e variedade de coisas a fazer em Punta del Este. Continuar lendo

La Susana, o Beach Club de José Inácio

Voltando em José Ignácio, fomos ao famoso restaurante La Susana. Fiquei apaixonada com o lugar! Não é à toa que é considerado um dos melhores do Uruguai. Ele fica na beira da praia Vik e funciona como uma espécie de beach club e bar.

jose-ignacio-la-susana

Chegamos no finalzinho da tarde e a praia ainda estava bem cheia, acredita? Estou começando a amar esse hábito dos uruguaios e argentinos de irem à praia mais tarde. Li em um blog que no Sul as pessoas costumam ter o mesmo hábito no verão, alguém confirma? 🙂 Eu sou muito branquinha, então qualquer descuido com o protetor solar é um caos. Felizmente isso é bem raro porque aja mau humor e hidratante depois.

Um dos pontos que mais me chamou a atenção no La Susana foi a decoração. Fiquei apaixonada (já deu para notar meu amor por fairy lights no post do meu aniversário, né?). Diferente do que vimos em José Ignácio, esse restaurante tinha poucos traços mediterrâneos. Era uma coisa mais voltada para o clima da praia, bem rústico e ao mesmo tempo aconchegante.

la-susana-restaurante.jpg
Continuar lendo

Vilarejo de José Ignácio

No primeiro dia no Uruguai, fomos conhecer o pequeno vilarejo de José Ignácio.

É afastado de Punta del Este, mas não é nada complicado chegar lá. Basta seguir a Ruta 10 em direção contrária à Punta, passando por La Barra, Manantiales, etc. Não tem erro! José Ignácio é bem pequena e aconchegante. Como comentei no último post, a influência mediterrânea na arquitetura é muito forte, por isso a maioria das casas são branquinhas com detalhes coloridos. O vilarejo é cheio de pequenas pousadas e restaurantes rústicos, tudo muito bonito. Me pareceu uma proposta mais tranquila comparada ao agito de Punta – apesar de várias festas também acontecerem por lá.

jose-ignacio-punta-del-este-1

Estávamos andando um pouco pelas ruas antes de ir ao La Susana (fica para o próximo post!) quando decidimos conhecer o famoso farol de São Ignácio.

Acho lindo um farol no horizonte e morro de vontade de ir ao topo – o que não foi o caso dessa vez. Infelizmente, não dá para fazer esse passeio no farol de José Ignácio, mas acho que a vista e esse mar azul compensam, né? Haha. Sem contar que estava ventando muito, com certeza eu derrubaria algo de lá. Enfim, fica para uma próxima!

farol-jose-ignaciojose-ignacio-punta-del-este-2punta-del-este-jose-inacio Continuar lendo