Bate e volta

Poucos dias antes de descobrir que iria mudar para São Paulo, passei um final de semana visitando a cidade.

Processed with VSCO with f1 presetProcessed with VSCO with a6 preset

Escolhi um voo bem cedo saindo de BH no sábado.

Não sei se é a sensação de todos, mas sexta-feira costuma ser um dia sempre meio caótico em termos de trânsito e contratempos. Tenho preferido sempre sair sábado cedo e voltar segunda cedinho – independente do destino. Segunda eu quero morrer quando o despertador toca às quatro da manhã, mas faz parte, né?

Processed with VSCO with a6 presetProcessed with VSCO with a6 preset Continuar lendo

Anúncios

Quando São Paulo virou casa

Processed with VSCO with hb1 preset

Já escrevi várias vezes sobre São Paulo como visitante e curiosa, mas nunca como moradora. Em março desse ano, essa cidade que eu sempre amei explorar, virou minha casa também.

Pisquei e oito meses passaram voando! Muita coisa aconteceu e São Paulo se mostrou ser exatamente o que sempre imaginei: intensa, um pouco cinzenta, rica em experiências e acolhedora. Continuar lendo

O Ano Em Que Disse Sim, por Shonda Rhimes

O Ano Em Que Disse Sim é o livro escrito pela Shonda Rhimes, a dona do horário nobre da televisão americana. Pode ser que esse nome não lhe soe familiar, mas você com certeza conhece ou já ouviu falar sobre o seu trabalho. Shonda é a escritora e produtora das séries: Grey’s Anatomy, Scandal, How To Get Away With Murder e Private Practice. Ela também é dona da empresa Shondaland, que recentemente fechou um contrato milionário com a Netflix para o streaming de suas séries. Imagina o poder dessa mulher, né?

o-ano-em-que-disse-sim-shonda-rhimes

Apesar de todo o seu sucesso, em um certo ponto de sua vida, a Shonda percebeu que era uma pessoa extremamente tímida, insegura e até um pouco medrosa quando o assunto era enfrentar o novo. Foi assim que, quando ela se deu conta do que estava fazendo consigo própria, ela resolveu se desafiar a dizer sim para as oportunidades que apareciam no seu caminho e ela nunca teve coragem de aceitar. Continuar lendo

A Louca das Brusinhas 

Uma reflexão sincera sobre o consumo consciente.

No mês passado, tive a chance de participar de um curso chamado “O Melhor Trabalho do Mundo”, ministrado pela Amadoria. Com um tema desses, era de se esperar que eu saísse de lá com a cabeça a mil por hora – o que de fato, meu caro leitor, aconteceu.

Dos vários assuntos tratados naquela noite, um deles continua no fundinho da minha mente me fazendo refletir tanto, mas tanto, que estou aqui escrevendo esse post para você.

Em certo ponto, levantamos a seguinte questão: “Quanto dinheiro você realmente precisa?” A discussão tinha como objetivo mostrar para a turma que nem sempre o trabalho dos seus sonhos é sinônimo de não conseguir pagar suas contas, mas acabei saindo um pouco do raciocínio e extrapolando a reflexão.

No exercício desse tópico, nos deparamos com o seguinte desafio: montar uma tabela com as últimas dez coisas que você consumiu (sem contar alimentação), quanto o valor dessas compras representou na sua renda mensal e o quanto aquilo representou para você, ambos de um a dez. Parece simples, né?

Sabe o que aconteceu? Eu não consegui preencher. Continuar lendo

Comemorando os 3 anos da Seleve

Há algumas semanas, postei aqui no blog sobre a Seleve, uma marca com o propósito de atender tanto aqueles que querem consumir produtos saudáveis, quanto pessoas com restrições alimentares.

No mês passado, a Seleve completou três anos de existência! Entre as várias comemorações da marca, ela resolveu se unir à Cupfit para oferecer um curso com receitas perfeitas para o seu público: saudáveis, sem glúten, lácteos e muito gostosas.

Quem me conhece está cansado de saber que eu sou uma iniciante na cozinha. Digo “iniciante” porque aos pouquinhos tenho me forçado a fugir das refeições que já sei fazer e nessa brincadeira, sempre aprendo uma coisinha ou outra que me fazem, cada vez mais, curtir o tempo que passo por ali. Continuar lendo